ANÁLISE DISCRIMINANTE ASSOCIADA À ORIENTAÇÃO A OBJETO PARA O MAPEAMENTO DA COBERTURA VEGETAL EM UMA IMAGEM DE ALTA RESOLUÇÃO

Alessandro Ribeiro Campos

Resumo


As imagens de satélite derivadas de sensores com melhores resoluções temporais, espaciais, espectrais e radiométricas são cada vez mais utilizadas para diversas finalidades, como o mapeamento da cobertura vegetal, tendo em vista a potencial melhora na precisão desses mapeamentos. Por outro lado, a maior disponibilidade e utilização desses sistemas sensores impõem novos desafios para o processamento dessas imagens para a extração de informações, sobretudo no que se refere à classificação da cobertura vegetal, principalmente pela disponibilidade de um grande volume de dados e suas implicações no campo do custo computacional e das técnicas de processamento. A partir disso, o principal objetivo deste artigo foi investigar se a análise discriminante associada à orientação a objeto pode classificar corretamente os tipos de cobertura vegetal em uma imagem de alta resolução espacial. Para tanto, conciliou o ambiente computacional dos sistemas de informação geográfica e do pacote estatístico para execução do processo. Os resultados indicaram que houve uma correspondência satisfatória entre as classes preditas pela probabilidade condicional de pertencimento da análise discriminante para os objetos nos tipos de cobertura vegetal.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.