FLEXIBILIZANDO AS FRONTEIRAS ENTRE O CAMPO E A CIDADE: A PROXIMAÇÃO DOS MODOS DE VIDA RURAIS E CITADINOS ATRAVÉS DOS PADRÕES DE CONSUMO

Nayhara Freitas Martins Gomes

Resumo


Este artigo teve por objetivo compreender como o padrão consumo compreendido pelas variáveis (acesso a eletrodomésticos, tecnologias de comunicação e informação e posse de meios de transporte) são influenciadas pelo nível de urbanização do município (percentual de domicílios em condição urbana). Utilizou-se como fonte de dados o Censo do ano de 2010 referentes ao estado de Minas Gerais e como método o GWR (GeographicallyWeightedRegression) por permitir estimar ospadrões relacionais tendo em conta sua variação espacial. Observou-se, em termos dos resultados, que há uma dependência entre padrão de consumo e nível de urbanização. Entretanto, pode-se identificar a ocorrência de municípios rurais com alto padrão de consumo, bem como, municípios essencialmente urbanos com baixo padrão de consumo. Estes resultados apresentam correspondência com a concepção teórica utilizada que conduziu o enquadramento analítico deste artigo ressaltando a dimensão expansiva dos modos de vida urbanos sobre os diferentes contextos sociais. Por fim, pode perceber que de fato, do ponto de vista material, há uma intensificação das relações entre o campo e a cidade por meio das transformações em seus modos de vida.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.