UMA ANÁLISE SOCIOESPACIAL SOBRE OS AGLOMERADOS SUBNORMAIS EM GOIÂNIA-GO: FRONTEIRAS, APLICAÇÕES E DIMENSÕES

Lídia Milhomem Pereira

Resumo


O objetivo deste trabalho é apresentar, explicitar, indagar e verificar de maneira incipiente, como funcionam as interações entre segregação socioespacial, mapeamento das fronteiras com os lugares considerados aglomerados subnormais localizados na capital de Goiânia e criados diante do atual sistema econômico. Através da especulação imobiliária, com a venda dos imóveis de luxo nos setores nobres da cidade, faz com que as esferas econômicas, sociais e políticas alterem a ordem de planejamento, gestão e reordenação do território em determinados bairros de Goiânia. Desse modo, o objeto espacial do presente estudo abrangerá por análise de dados recorrendo ao Índice de Moran, IDW e a criação de agrupamentos, os aglomerados subnormais em Goiânia, GO, incluindo os estudos referentes aos processos dês-territorialização-re-territorialização e criação de fronteiras.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.