Turismo no entorno de parques: um olhar territorial

Altair Sancho

Resumo


Ao se refletir sobre a relação entre turismo e parques, percebe se já nas primeiras iniciativas de criação dessa categoria de manejo uma orientação de forte vinculação com a visitação turística, em virtude do potencial dos parques para oportunizar momentos de contato com a natureza, lazer e recreação para a sociedade. Nas últimas décadas, em função desse potencial para visitação, os parques também passaram a ser reconhecidos como estratégia para se promover a geração de renda e a dinamização de economias locais. Ao mesmo tempo, o incremento do turismo pode significar uma intensificação das pressões sobre o patrimônio natural protegido e provocar alterações em modos de vida autóctones, impondo inúmeros desafios aos propósitos de conservação da biodiversidade e à gestão desses territórios protegidos. Diante desse contexto, este ensaio, de natureza essencialmente teórica, tem por objetivo refletir sobre a natureza e significados do desenvolvimento do turismo no entorno de parques a partir da perspectiva territorial. Para cumprir tal objetivo, foram realizadas pesquisas bibliográficas em livros, artigos internacionais e nacionais e estudos de caso que abordam a temática em discussão.

Palavras-chave


Turismo, Unidades de Conservação, Parques, Território.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


GEOgrafias: uma publicação do Departamento de Geografia e do Programa de Pós-Graduação em Geografia - IGC/UFMG