Espaço e sociedade na ocupação dos sertões das minas – vale do rio Piranga, Minas Gerais, séculos XVIII e XIX

Mateus Rezende de Andrade

Resumo


Este artigo apresenta várias questões sobre a ocupação do território e a transformação da fronteira na capitania de Minas Gerais. Ao se evidenciar o processo que se operou no Vale do Rio Piranga, região no meio do caminho entre as minas e as gerais, apresenta-se as noções de localidades de passagem e sociedades de transição, as quais fornecem importantes apontamentos que permitem reavaliar as temporalidades da conquista dos sertões das minas.

Palavras-chave


Sesmarias; Sertão das minas; fronteira agrícola

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


GEOgrafias: uma publicação do Departamento de Geografia e do Programa de Pós-Graduação em Geografia - IGC/UFMG