IGC

Programas das Disciplinas

Insira o texto aqui...

Programas Curriculares

Disciplinas Obrigatórias

BIG124 - Biologia Geral - 2001-2

CRT001 - Topografia B - 2001-2

DCC001 - Programação de Computadores - 2001-2

DCC034 - Cálculo Numérico - 2001-2

EST031 - Estatística e Probabilidades

FIS054 - Introdução à Física Experimental - 2002

FIS055 - Introdução à Física Experimental MT

FIS060 - Física Experimental EO

FIS065 - Fundamentos de Mecânica

FIS067 - Fundamentos de Mecânica dos Sólidos e Fluidos

FIS068 - Fundamentos de Mecânica Ondulatória

FIS151 - Física Experimental Básica: Mecânica

FIS155 - Física Experimental Básica - Ondas e Ótica

FIS601 - Física Geral I - 1994-01

FIS602 - Física Geral II - 1993-02

FIS603 - Física Geral III - 1997-02

GEL001 - Geologia Geral - 2007

GEL001 - Geologia Geral - 20001-02

GEL002 - Petrografia e Petrologia Ígnea - 2001-02

GEL003 - Geofísica Geral - 2001-02

GEL004 - Petrografia e Petrologia Metamórfica - 2001-02

GEL005 - Estratigrafia Geral - 1997-02

GEL005 - Estratigrafia Geral - 2001-02

GEL006 - Geologia Estrutural - 2001-02

GEL006 - Geologia Estrutural - 2008

GEL007 - Geologia de Campo - 2001-02

GEL008 - Geologia de Engenharia - 2001-02

GEL009 - Hidrogeologia - 2001-02

GEL010 - Geologia Econômica A - 2001-02

GEL010 - Geologia Econômica A - 2008

GEL011 - Geologia e Recursos Minerais do Brasil - 2001-02

GEL011-Geologia e Recursos Minerais do Brasil - 1998-02

GEL014 - Mineralogia I - 1998

GEL014 - Mineralogia I - 2001-02

GEL014 - Mineralogia I - 2008

GEL015 - Mineralogia II - 1998

GEL015 - Mineralogia II - 2001-02

GEL016 - Mineralogia III - 2001-02

GEL017 - Sensoriamento Remoto Aplicado à Geologia - 2001-02

GEL018 - Fundamentos de Geoquímica Analítica

GEL018 - Fundamentos de Geoquímica Analítica - 2001-02

GEL019 - Sedimentologia e Petrologia Sedimentar - 2001-02

GEL020 - Mecânica dos Meios contínuos Aplicada à Geologia - 2001-02

GEL020 - Mecânica dos meios contínuos aplicada à geologia - 2008

GEL021 - Geoquímica Geral - 2001-02

GEL021 - Geoquimica Geral - 2002

GEL021 - Geoquímica Geral - 2008

GEL022 - Geologia Global

GEL022 - Geologia Global - 2001-02

GEL023 - Estágio Supervisionado de Campo

GEL023 - Estágio Supervisionado de Campo - 2001-02

GEL024 Geologia Ambiental - 2001-02

GEL025 - Geofísica Aplicada - 2001-02

GEL026 - Prospecção e Exploração Mineral - 2001-02

GEL027 - Trabalho Geológico de Graduação - 1998

GEL027 - Trabalho Geológico de Graduação - 2001-02

GEL040 - Geometria Descritiva - 2001-02

GEL042 - Desenho Aplicado à Geologia

GEL042 - Desenho Aplicado à Geologia - 2008

GEL604 - Palentologia B

GEL604 - Palentologia B - 2008

GEL604 - Paleontologia B - 2007

GEL630 - Economia e Legislação Minerais

GEO005 - Geomorfologia

EST031 - Estatística e Probabilidades - 2010 Parte 1

EST031 - Estatística e Probabilidades - Parte 2

EST031 - Estatística e Probabilidades - Parte 3 ementa

MAT001 - Cálculo Diferencial e Integral I - 1997-02

MAT001 - Cálculo Diferencial e Integral I - sem data

MAT038 - Geometria Analítica e Álgebra Linear - 2001-02

MAT039 - Cálculo Diferencial e Integral II - 2001-02

Programas Ciclo Básico ICEX

QUI003 - Química Geral B

QUI008 - Físico-Química GI - 1998

QUI008 - Físico-Química GI - 2000-01

QUI009 - Físico-Química GII

QUI009 - Físico-Química GII - 2000-01

QUI009-Físico-Química GII - 2000-01

QUI019 - Química Geral Experimental

QUI616 - Química Geral - 1998

 

 

Grade Curricular

Colegiado de Graduação

Coordenador: 

Prof. Jarbas Lima Dias Sampaio

Sala: 318

Telefone: 3409-5444

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

Subcoordenador

Prof. Jorge Geraldo Roncato Junior

 

Atendimento do Coordenador

quinta-feira de 09h00 as 12h00 na Secretaria do Colegiado

 

Secretaria dos Colegiados

Horário de Funcionamento: segunda a sexta-feira, de 07h as 22h.

Sala: 218

Telefone: (031) 3409-5403

Fax: (031) 3409-5410

 

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

Formulários

Aproveitamento de Estudos

FORMULÁRIO PARA APROVEITAMENTO DE ESTUDOS

A juízo do Colegiado de Curso, estudos cursados em outra instituição de ensino superior poderão gerar a dispensa de realização de atividade acadêmica constante dos currículos de graduação da UFMG, por meio do aproveitamento de estudos.

A concessão do aproveitamento de estudos realizados dar-se á mediante o atendimento aos seguintes critérios :

I - haver equivalência entre a atividade cursada em outra instituição de ensino superior e a atividade acadêmica constante do percurso curricular a que se encontra vinculado(a) o(a) requerente;

II - ter sido a atividade cursada antes do ingresso do(a) requerente no curso de graduação da UFMG;

III - não ter sido o(a) requerente reprovado(a) na atividade acadêmica para a qual requer aproveitamento de estudos.

A dispensa de realização de atividades acadêmicas mediante aproveitamento de estudos não poderá ultrapassar 60% da carga horária total do percurso de vinculação do estudante à UFMG.

Documentos Necessários:

-Formulário para cada disciplina que se deseja dispensar;

-Histórico original da Instituição de Ensino em que se cursou a disciplina;

-Programa da disciplina carimbada pela Instituição de Ensino em que se cursou a disciplina;

Comprovação de Conhecimento

FORMULÁRIO PARA COMPROVAÇÃO DE CONHECIMENTO

É facultado ao(à) estudante da UFMG abreviar a duração de seu curso, em razão de aprovação em exame específico aplicado para esse fim.   

O exame de comprovação de conhecimentos somente será aplicado em se tratando de atividades acadêmicas que atendam à integralização de carga horária no curso de graduação da UFMG ao qual se vincula o(a) estudante a ser avaliado(a).   

Não se aplicando às atividades acadêmicas enquadradas como Formação Livre, Atividades Complementares Geradoras de Crédito, Estágio Curricular, Trabalho de Conclusão de Curso ou equivalente e atividades acadêmicas de conteúdo variável.   

São requisitos para a realização de exame de comprovação de conhecimentos:   

I - obedecer ao prazo estabelecido para protocolizar o requerimento no Colegiado do Curso a que se vincula;    

II - não ter sido matriculado(a), em qualquer tempo, na disciplina objeto da comprovação de conhecimentos;   

III - não ter sido reprovado(a) em exame de comprovação de conhecimentos anteriormente aplicado, relacionado à atividade acadêmica em que requer a comprovação de conhecimentos;   

IV - não haver registro de trancamento total de matrícula no período letivo em que requer o exame de comprovação de conhecimentos.   

O exame de comprovação de conhecimentos será preparado e avaliado por comissão de, no mínimo, 03 (três) docentes indicados pelo(s) Departamento(s) ou estrutura equivalente responsável(eis) pela atividade acadêmica.   

§ 1o Os docentes indicados pelo(s) Departamento(s) ou estrutura equivalente serão designados por meio de Portaria da Coordenação do Colegiado.   

§ 2o O conteúdo a ser avaliado deverá necessariamente constar do programa vigente da disciplina.   

Concluída a realização de exame de comprovação de conhecimentos, serão adotados os seguintes procedimentos:   

I - Cada examinador atribuirá nota de 0 (zero) a l00 (cem) pontos.  

II - O resultado final será a média aritmética das notas obtidas.   

III - Será considerado(a) aprovado(a) o(a) estudante que obtiver o mínimo de 60 (sessenta) pontos.   

IV - O resultado do exame de comprovação de conhecimentos, qualquer que seja, constará do Histórico Escolar do(a) estudante e será computado no cálculo de Rendimento Semestral Global (RSG).  

Disciplina Isolada

FORMULÁRIO EM DISCIPLINA ISOLADA

Os Colegiados dos Cursos divulgarão, após a matrícula dos alunos dos cursos de graduação, o número de vagas disponíveis para matrícula em disciplinas isoladas. 

O requerimento de matrícula, instruído com "curriculum vitae" do candidato, será feito nos períodos previstos no calendário escolar.  

Os Departamentos, no exame dos requerimentos, considerarão a formação do requerente e os motivos que justificam seu pedido.  

É vedada ao aluno de curso de graduação da UFMG a matrícula em disciplina isolada

Documentos necessários:

-Formulário em Disciplina Isolada;

-Carta de intenção;

-Histório;

-Cópia do R.G. e CPF;

-Curriculum Vitae;

Maiores informações no link:

https://www2.ufmg.br/drca/drca/Home/Pos-Graduacao/Disciplina-Isolada

Mobilidade Estudantil ANDIFES

FORMULÁRIO PARA MOBILIDADE ESTUDANTIL ANDIFES

Aluno da UFMG

-Escolher a Instituição de Ensino Superior/IFES de destino entre as conveniadas.

-Verificar documentação exigida pela Instituição de Ensino Superior/IFES de destino.

-Verificar prazo de envio da documentação de pedido de mobilidade, estabelecido pela IFES de destino.

-Reunir a documentação exigida e entregar antes do prazo limite estabelecido pela Instituição de destino

O aluno poderá solicitar pedido de mobilidade para no máximo 2 (duas) IFES diferentes. Caso seja aceito nas duas, deverá escolher somente uma.

Caso o aluno se interesse em participar do processo seletivo para Bolsa de mobilidade - deve ficar atento à publicação do Edital de Bolsas na página eletrônica da PROGRAD. O aluno não pode esperar ser publicado este Edital para solicitar a mobilidade, porque neste caso perde o prazo da Instituição de destino para receber processo. Primeiro o aluno deve solicitar a participação no Programa de Mobilidade Acadêmica, e somente após a publicação do Edital de bolsas é que o estudante entrega e/ou envia o requerimento de participação no processo seletivo para o Setor de Estágios e Mobilidade Acadêmica.

Caso tenha sido aceito, observar as datas da Instituição de destino e os documentos necessários para efetivar sua matrícula.

Pegar as ementas assinadas e carimbadas, no momento em que estiver cursando as disciplinas na IFES onde estiver realizando a Mobilidade.

Maiores informação pelo link:

https://www2.ufmg.br/prograd/prograd/Pro-Reitoria-de-Graduacao/Estudante/Programa-de-Mobilidade-Academica/Programas-de-Mobilidade-Academica-ANDIFES 

Regime Especial

FORMULÁRIO DE REGIME ESPECIAL

Os alunos dos cursos de graduação, portadores de afecções congênitas, traumatismos ou outras condições incompatíveis com a frequência aos trabalhos escolares, mediante avaliação médica expedida pelo Serviço de Assistência Médica e Social da Universidade poderão pleitear regime especial.  

As alunas em estado de gravidez, a partir do oitavo mês de gestação e durante três meses, terão direito ao regime especial. 

O requerimento de avaliação médica, de única e total responsabilidade do interessado, constituirá condição primeira para o prosseguimento do processo de seu enquadramento ou não no regime especial. 

O laudo do Serviço de Assistência Médica e Social contendo o período de incapacidade e prazos de avaliação, se for o caso, será encaminhado ao Colegiado de Curso a que estiver vinculado o aluno.  

Será concedido ao aluno o trancamento de matrícula nas disciplinas em que o regime especial for negado, independentemente das restrições estabelecidas.  

Os professores das disciplinas nas quais foi concedido o regime especial serão responsáveis pelo contato com os alunos durante o período de vigência do regime.  

O aluno que se sentir em condições de retornar ao regime normal, antes de expirado o prazo estipulado no laudo médico, deverá procurar o Serviço de Assistência Médica e Social e requerer nova avaliação de suas condições de saúde.  

O aluno considerado apto para retornar ao regime normal deverá apresentar a nova avaliação, no prazo de 2 (dois) dias úteis, à Seção de Ensino de sua Unidade, que a encaminhará ao Colegiado de Curso.  

Tratamento Especial

FORMULÁRIO DE TRATAMENTO ESPECIAL

Oportunidade que o aluno tem de prestar, no semestre subsequente, os exames da disciplina em que obteve conceito E, sem precisar frequentar as aulas.

O aluno só poderá solicitar a aproveitamento de estudos se:

-Tiver obtido conceito E na disciplina

-Não tiver se submetido a Exame Especial

-Não tiver feito Tratamento Especial na mesma disciplina

-Apresentar a autorização do professor coordenador da disciplina

O tratamento especial deverá ser requerido antes da realização dos exames especiais e só poderá ser concedido uma única vez na mesma disciplina.

A carga horária da disciplina em tratamento especial deverá entrar no cômputo da carga horária mínima do período.

O resultado final relativo à disciplina em tratamento especial será incorporado ao cálculo do rendimento global do aluno no semestre em que se der por encerrado o processo de avaliação da referida disciplina.

A nota final do aluno submetido a tratamento especial será calculada pela seguinte fórmula:

NF = TPL + 2 TTE / 3

Onde:

NF = Nota final

TPL = Total de pontos obtidos ao final do período letivo

TTE = Total de pontos obtidos no tratamento especial

Trancamento Parcial

FORMULÁRIO DE TRANCAMENTO PARCIAL

O trancamento parcial de matrícula poderá ser concedido até duas vezes em cada disciplina, desde que seja respeitado o termo mínimo de carga horária do curso, nas seguintes situações : 

I - automaticamente, mediante requerimento do aluno, uma única vez;  

II - mediante autorização do Colegiado de Curso face à justificativa do aluno, uma única vez.

Trancamento Total

FORMULÁRIO DE TRANCAMENTO TOTAL

O trancamento total de matrícula poderá ser concedido em qualquer época, por tempo determinado, a juízo do Colegiado de Curso, com base em justificativa apresentada pelo aluno.  

No decorrer de seu curso o aluno poderá requerer o trancamento total, por um semestre, uma única vez, que lhe será concedido automaticamente, sem apresentação de justificativa.   

Os estudantes dos cursos de graduação poderão solicitar o trancamento total de matrícula para o semestre letivo 2018/1, diretamente no SIGA, utilizando o acesso via MinhaUfmg. 

Manual para trancamento total no moodle

Informações Gerais

Objetivos

Formação ampla de profissionais para atuar em atividades de competência do profissional Geólogo. Para tanto, o curso possui programas específicos de formação em diversas áreas, conferindo além das especificidades do curso, uma visão geral desta ciência.

Com a crescente demanda por recursos naturais, o geólogo tem se tornado um profissional cada vez mais requisitado. Quem deseja seguir esta carreira deve estar consciente de seu papel social e buscar um equilíbrio entre a extração de recursos naturais e a preservação ambiental.

Os estudantes que optarem pelo curso de Geologia terão, nos períodos iniciais, foco nas áreas de Matemática, Física e Química, que serão a base para os conhecimentos específicos da Geologia. A partir do segundo semestre de curso, os alunos passam a ter aulas no Instituto de Geociências (IGC), com matérias específicas da Geologia, como mineralogia, hidrogeologia, geoquímica e petrografia.

O curso possui um marcante caráter prático. Mais de 50% das aulas são práticas, em laboratórios ou em trabalhos de campo - que começam a ser ministradas a partir do 2º período. No caso das atividades de campo, os alunos visitam regiões com uma variedade de rochas, minérios ou estruturas com intuito de coletar dados e amostras, ou até mesmo fazer o mapeamento geológico da região.

 

Atuação Profissional

O geólogo possui um importante papel na sociedade de hoje. Sua atuação profissional é essencial devido a crescente demanda por recursos naturais e o equilíbrio do meio ambiente. É um profissional com grande visão estratégica para lidar com a magnitudade dos processos geólicos.

A profissão de geólogo inclui ainda investigação científica.

Vagas e Processo Seletivo

Modalidade: Bacharelado

Turno: Diurno

Vagas: 35 (1º semestre)

Duração Mínima: 5 anos

Unidade: Instituto de Geociências (IGC), Campus Pampulha

Informações sobre o processo seletivo podem ser obtidas através da COPEVE.

Estrutura Curricular

 

 

IGC - Av. Antônio Carlos, 6.627 - Pampulha - CEP: 31270-901 Belo Horizonte - MG / Acesso restrito