IGC

Geografia Agrária e Agricultura Familiar

logo

Laboratório de Geografia Agrária, Agricultura familiar e cultura camponesa é ligado institucionalmente ao Departamento de Geografia do Instituto de Geociências - IGC daUniversidade Federal de Minas Gerais - UFMG e atualmente contempla o Núcleo Terra & Sociedade de Estudos em Geografia Agrária, Agricultura Familiar e Cultura Camponesa do CNPQ. Tem como coordenadora Maria Aparecida dos Santos Tubaldini e como sub-coordenadora Lussandra Martins Gianasi. Os temas trabalhados no laboratório versam sobre questões agrárias, culturais e ambientais. 

Areas de atuação e linhas de pesquisa

*Agricultura Familiar e Campesinato, 

*Desenvolvimento Rural Sustentável, 

*Espaço Rural e Patrimônio Cultural, 

*Etnogeografia e Percepção Ambiental,  

*Etnossustentabilidade e Populações Tradicionais, 

*Educação Intercultural e Etnoambientalismo, 

*Mundo Rural e Questões de Gênero, 

*Alimentos como Patrimônio Rural - Produtos Tradicionais e Orgânicos, 

*Economia Solidária e Assentamentos Rurais, 

*Sistema de Informação Geográfica e Mundo Rural, 

*Turismo e Conservação Ambiental, 

*Turismo, Espaço Rural e Patrimônio Cultural.

O que fazemos

O laboratório de Geografia Agrária, Agricultura familiar e cultura camponesa é ligado institucionalmente ao Departamento de Geografia do Instituto de Geociências - IGC daUniversidade Federal de Minas Gerais - UFMG e atualmente contempla o Núcleo Terra & Sociedade de Estudos em Geografia Agrária, Agricultura Familiar e Cultura Camponesa do CNPQ. Desenvolvemos projetos de pesquisa-ação-educação que resultam do esforço intelectual conjunto de alguns pesquisadores do Departamento de Geografia credenciados junto ao Laboratório de Geografia Agrária e/ou ao Programa de Pós-Graduação em Geografia do Instituto de Geociências da Universidade Federal de Minas Gerais, que adotam uma perspectiva interdisciplinar em suas abordagens científicas de processos incidentes na realidade regional e local- e em que conexões/ interfaces da Geografia com outros campos do Conhecimento como a Antropologia, a História, a Psicologia, a Ecologia, a Agronomia. O desenvolvimento dos projetos de pesquisa conta com a participação indispensável de discentes resultando em orientação de iniciações científicas, extensões, monografias de graduação, dissertações de mestrado e teses de doutorado. E os pesquisadores envolvidos (docentes e discentes) desenvolveram investigações ricas, densas e detalhadas sobre questões agrárias, culturais e ambientais.

 

Participantes

Bernardo Machado Gontijo

Possui graduação em Ciências Biológicas - Licenciatura pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (1983), graduação em Geografia pelo Instituto de Geociências da Universidade Federal de Minas Gerais (1988), mestrado em Estudos Latino Americanos - Vanderbilt University (1992) e doutorado em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade de Brasília (2003). Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2.  Atualmente é professor adjunto do Instituto de Geociências da UFMG. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geografia e Meio Ambiente, atuando principalmente nos seguintes temas: unidade de conservação, vegetação, áreas verdes urbanas, transformação ambiental e turismo.
Ver currículo lattes completo.

Bruno Pereira Bedim

Professor efetivo do Departamento de Turismo da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Doutorando pela UFMG em Organização, Gestão e Produção do Espaço; Mestre pela UFMG em Geografia Humana; Bacharel em Turismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). No âmbito da pesquisa científica, atua principalmente nos seguintes temas: Gestão do Turismo em Parques Nacionais; Redes Complexas e Turismo; Cluster de Turismo; Planejamento Turístico; Impactos Econômicos do Turismo no entorno de Parques Nacionais; Turismo e Economia Política; Materialismo Dialético e Pesquisa em Turismo; Hospitalidade, Cultura e Economia Camponesa; Metodologia da Pesquisa em Turismo; Modernidade e Tempo Social; Patrimônio Cultural Imaterial; História Oral; Conflitos Ambientais no entorno de Unidades de Conservação; Fluxo Turístico e Eventos Esportivos. Na Universidade Federal de Minas Gerais, como pesquisador convidado, integra o Núcleo de Pesquisas Terra & Sociedade (IGC-UFMG). Tem experiência docente na área de Planejamento e Organização do Turismo, Gestão de Transportes em Turismo, Agenciamento e Elaboração de Roteiros Turísticos, Hospitalidade, Turismo e Meio Ambiente, Teoria Geral do Turismo, Prática de Planejamento, Turismo e Espaço Mundial.
Ver currículo lattes completo.

Heber Eustaquio de Paula

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal de Minas Gerais (1988), Mestrado em Educação Física pela UFMG (1996) e Doutorado em Sociologia pela Universidade de Brasília (2003). Atualmente é Professor Adjunto III da Universidade Federal de Ouro Preto, atuando nos Cursos de Educação Física e Turismo. Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em treinamento esportivo e formação profissional, atuando principalmente nos seguintes temas: educação física, história oral, sociologia do esporte, sociologia do lazer e sociologia do turismo. Atualmente exerce a Presidênia do Colegiado do Curso de Educação Física.
Ver currículo lattes completo.

José Antonio Souza de Deus

Possui graduação em Geologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1977); mestrado (1988) e doutorado (2003) em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Realizou pesquisas de campo na Amazônia brasileira- nos estados do Acre e Rondônia, ao longo da BR-364-, para empreender investigações relacionadas com sua dissertação, tese e projetos de pesquisa, estabelecendo então diálogo/ interlocução com lideranças das comunidades indígenas: Kaxinawá, Yawanawá, Arara, Gavião e Zoró. Desde 1982, é pesquisador e professor adjunto do IGC/ UFMG. De 2005 a 2006, foi também vice-diretor da Instituição. Atua em diferentes vertentes de investigação em Geociências (principalmente naquelas vinculadas à Geografia Cultural/ Etnogeografia e Ecologia Política/ Geologia do Planejamento) abordando sobretudo os seguintes conceitos/ temas: I. Etnogeografia, Socioambientalismo e Percepção do Espaço; II. Geografia Cultural, Indigenismo e Etnossustentabilidade; III. Paisagens Culturais; IV. Vivência Espacial, Toponímia e Topofilia. Pesquisa atualmente a percepção da "sociedade envolvente" sobre as comunidades indígenas e quilombolas nos contextos regionais do Vale do Rio Doce e Região Metropolitana de Belo Horizonte, já tendo participado de projetos de ensino/ pesquisa/ extensão em outros quadrantes do território mineiro (sobretudo nas regiões de antiga mineração) como o Quadrilátero Ferrífero, vales do Jequitinhonha e Mucuri, Serra da Mantiqueira, etc. É autor do livro "Geografia Cultural do Brasil/ Etnogeografia" (Editora UFMG, 2010) e de artigos em periódicos científicos nas áreas de Geografia e Geologia.
Ver currículo lattes completo

Karin Elise Bohns Meyer

Bióloga, graduada pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (1992), Mestre em Geociências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1999) e Doutora em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2004). Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Federal de Minas Gerais e Diretora do Centro de Pesquisa Manoel Teixeira da Costa, CPMTC-IGC. Possui formação específica na área de Geociências-Paleontologia, com ênfase em Palinologia do Paleozóico (Permiano da Bacia do Paraná), Palinologia de Quaternário e palinofácies.
Ver currículo lattes completo.

Lussandra Martins Gianasi

 Possui doutorado em Geografia [Belo Horizonte - MG] pela Universidade Federal de Minas Gerais (2012), mestrado em Geografia [Rio Claro - SP] pela Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho (2001) e graduação em Geografia [Belo Horizonte - MG] pela Universidade Federal de Minas Gerais (1997). É especialista pela Universidade Jaime I (2004) na Espanha em Gis e na Universidade Federal de Viçosa em Gestão Ambiental. Atualmente atua como sub-coordenadora e pesquisadora do Laboratório de Geografia Agrária, Agricultura Familiar e Cultura Camponesa do IGC-UFMG. Faz parte como pesquisadora do Núcleo de Pesquisas TERRA & SOCIEDADE do CNPQ. Tem experiencia na área de Geociências, com ênfase em Geoprocessamento, atuando principalmente nos seguintes temas: geografia agrária, geoprocessamento, cartografia e ensino, agricultura de precisão, rastreabilidade, estrutura fundiária, posse e uso da terra, mapeamento e análise espacial. Atuou como geógrafa, coordenadora de geoprocessamento, em empresa de exportação de soja, gerenciando a parte referente a rastreabilidade da *commodity* soja não transgênica.

Ver currículo lattes completo.

Maria Aparecida Tulbaldini

Orientadora de Mestrado e Doutorado Possui Licenciatura e Bacharelado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista, UNESP/Rio Claro, (1975-81), Mestrado em Organização do Espaço - Geografia pela Universidade Estadual Paulista-UNESP/Rio Claro (1982); Doutorado em Organização do Espaço/Geografia pela Universidade Estadual Paulista-UNESP/Rio Claro (1992) e Pós-Doutorado em Desenvolvimento Rural Local pela Universidade Nova de Lisboa- (Lisboa,Portugal). Atualmente é Professora Associada II da Universidade Federal de Minas Gerais(UFMG). É pesquisadora e professora do Programa de Pós-Graduação em Geografia (Mestrado e Doutorado) - IGC/UFMG, lecionando também na Graduação em Geografia. Tem experiência na área de Geografia (ênfase em Geografia Agrária), atuando principalmente nos seguintes temas:Agricultura Familiar, Campesinato Quilombola, Organização do Espaço Rural, Sustentabilidade na Agricultura, Desenvolvimento Rural Local, Agroecologia e Agricultura Orgânica e Valorização do Patrimônio.
Ver currículo lattes completo.

 Maria Luiza Grossi Araújo

Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1985), especialização em Percepção Ambiental e Espaço Urbano pela Universidade Federal de Minas Gerais (1987) e mestrado em Geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1995). Atualmente é Professora Assistente II da Universidade Federal de Minas Gerais. Atuando principalmente nos seguintes temas: Percepção Ambiental, Percepção Ambiental e planejamento urbano.
Ver currículo lattes completo.

Marly Nogueira

Possui graduação - licenciatura e bacharelado - em Geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1985 e 1987), mestrado em Geografia pela Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho - UNESP (1994) e doutorado em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ (2003). É professora adjunta do Departamento de Geografia da Universidade Federal de Minas Gerais. Especialista na área de Geografia, com ênfase em Geografia Urbana, atuando principalmente nos temas da geografia urbana e rede urbana, da geografia de Minas Gerais, da região e da regionalização .
Ver currículo lattes completo.

Patrício Pereira Alves de Souza

É bacharel e licenciado em Geografia pela Universidade Federal de Viçosa (2008) e mestre em Geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2011). Atualmente é doutorando em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com bolsa do CNPq. Possui experiência de ensino nos níveis superior, médio e fundamental, na educação de jovens e adultos, em cursinho popular e em oficinas reflexivas junto a egressos do sistema prisional. Experiência de pesquisa nas seguintes temáticas: espacialidades étnico-raciais e de gênero, lugares festivos do Congado, espaço e memória, questões teórico-metodológicas em Geografia e educação em Geografia.
Ver currículo lattes completo

Sandra Maria Lucas Pinto Silva

Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1974) e graduação em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Minas Gerais (1976) . Atualmente é Professora do Curso de Graduação da Universidade Federal de Minas Gerais.
Ver currículo lattes completo.

 Valéria Amorim do Carmo

Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1988), mestrado em Geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1994) e doutorado em Geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2009). Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Cartografia Ambiental; Desenvolvimento Rural Sustentável; Interpretação do Patrimônio.

Ver currículo lattes completo.

Valéria de Oliveira Roque Ascenção

 Professora Adjunta da Universidade Federal de Minas Gerais, Instituto de Geociências - Departamento de Geografia, atuando na Graduação e na Pós-graduação em Geografia, linha Teoria, métodos e linguagens em Geografia (IGC - UFMG), ênfase no Ensino da Geografia. Doutora em Geografia pelo Instituto de Geociências da Universidade Federal de Minas Gerais (2009), mestre em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (2003), especialista em Metodologia do Ensino Fundamental e Médio pela Universidade Estadual de Minas Gerais (1999) e graduada em Geografia pelo Instituto de Geociências da Universidade Federal de Minas Gerais (1991). Coordenadora do Grupo de Pesquisa e Ensino em Geografia (GEPEGEO-UFMG); integrante do Núcleo de Ensino e Pesquisa em Educação Geográfica - NEPEG ( Instituto de Estudos Socioambientais da Universidade Federal de Goiás). Desde 2000 atua na área do Ensino de Geografia, principalmente nos temas: formação docente; conhecimento do docente (ênfase docente Geógrafo);análise e produção de materiais didáticos; currículo e ensino de Geografia. Desenvolve, através do GEPEGEO, atividades extensionistas voltadas à formação de professores de Geografia atuantes no nível básica de ensino.

Ver currículo lattes completo

Virgínia de Lima Palhares

Possui graduação em geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1981), mestrado em geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1995) e doutorado em geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2010). Atualmente é professora adjunta do departamento de geografia do Instituto de Geociências da Universidade Federal de Minas Gerais. Tem experiência na área de geografia, com ênfase em geografia rural, atuando principalmente nos seguintes temas: cultura, desenvolvimento rural, saberes tradicionais, sabores do rural, paisagem cultural rural, sertão. Coordena atualmente um projeto de pesquisa no Quadrilátero Ferrífero abordando os saberes e sabores do rural. É membro do Grupo de Pesquisa Geografia Humanista Cultural na Universidade Federal Fluminense e do Grupo de Pesquisa Geografia e Fenomenologia sediado no Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (CHS) da Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA) da Unicamp.
Ver currículo lattes completo

 

Projetos em andamento e encerrados

Em desenvolvimento:

"Práticas pedagógicas e metodologias para a Educação escolar Quilombola em ambiente rural no município de Minas Novas, Capelinha e Chapada do Norte Vale do Jequitinhonha MG".

Projeto Fapemig de fomento à pesquisa financiado pelo governo do estado de Minas Gerais.

Coordenadora: Maria Aparecida dos Santos Tubaldini.

 

"Mapeamento e monitoramento Geo-participativo de Microbacias Hidrográficas".

Projeto PROEXT de fomento à extensão financiado pelo MEC.

Coordenadoras: Maria Aparecida de Souza Tubaldini e Lussandra Martins Gianasi.

 

Encerrados:

"Etnogeografia, Etnossustentabilidade e a Organização e Gestão do Território de Comunidades Tradicionais e Indígenas no estado de Minas Gerais".

Projeto Fapemig de fomento à pesquisa financiado pelo governo do estado de Minas Gerais

Coordenador: José Antônio Souza de Deus.

 

"Mapeamento e Análise das Estratégias de Reprodução Social Complementares da Agricultura Camponesa no Recorte Territorial de Minas Novas, Capelinha e Chapada do Norte - Vale do Jequitinhonha".

Projeto Fapemig de fomento à pesquisa financiado pelo governo do estado de Minas Gerais.

Coordenadora: Maria Aparecida dos Santos Tubaldini.

 

"Projeto Lavouras Comunitárias: Construindo Parcerias para o Desenvolvimento Rural Local Sustentável no Município de Senhora dos Remédios".

Projeto Fapemig de fomento à pesquisa financiado pelo governo do estado de Minas Gerais.

Coordenadora: Maria Aparecida dos Santos Tubaldini.

 

"O Papel da Mulher em Comunidades Rurais e Periurbanas e Núcleos de Afro-descendentes e Imigrantes no Processo de Reelaboração da Diversidade Cultural no Quadrilátero Ferrífero e Entorno".

Coordenadora: Maria Aparecida dos Santos Tubaldini.

 

"Ações de capacitação para promover cidadania aos agricultores(as) familiares das comunidades tradicionais quilombolas e de Moça Santa e Misericórdia em Chapada do Norte - MG e artesãs de Minas Novas no Vale do Jequitinhonha".

Projeto Fapemig de fomento à pesquisa financiado pelo governo do estado de Minas Gerais.

Cadastrado no Siex UFMG, acompanhe o projeto.

Coordenadora: Maria Aparecida dos Santos Tubaldini.

 

"Capacitação cidadã entre as mulheres agricultoras familiares e produtoras de alimentos em comunidades quilombolas de Chapada do Norte e de artesãs do Córrego dos Coqueiros - Minas Novas".

Projeto PROEXT de fomento à extensão financiado pelo MEC.

Coordenadoras: Maria Aparecida de Souza Tubaldini e Lussandra Martins Gianasi.

"Agricultura familiar, Sustentabilidade Ambiental e Territorialidades na Amazônia".

Eventos, seminários e palestras

Prof. Dra. Olga Mirian Vasek

Recebemos no mês de fevereiro de 2014 a Visita da Prof. Dra. Olga Mirian Vasek, professora do departamento de Química da Facultad de Ciencias Exactas y Naturales y Agrimensura, da Universidad Nacional del Nordeste, Argentina. A professora esteve em visita a universidade por meio de um intercambio docente, e foi alocada no laboratório Terra e Sociedade, vindo assim a conhecer os projetos do laboratório e a apresentar o projeto que está desenvolvendo em sua universidade e origem. Olga ministrou duas palestras aos estudantes do IGC-UFMG, intituladas  “Quesos artesanales de Corrientes como Sistema Agroalimentário Localizado (SIAL)”, “Có- Creación de valor para el Desarrollo Rural Territorial”.

visita olga 5

visita olga 2

Contato

estudos

IGC - Av. Antônio Carlos, 6.627 - Pampulha - CEP: 31270-901 Belo Horizonte - MG / Acesso restrito